segunda-feira, 9 de julho de 2012

Equivalências

Ex.mo Senhor Reitor da Universidade da Lusofonia
Sou licenciado em História, no tempo em que 13 era uma excelente nota e em que com 14 no secundário se entrava em Medicina.
Uma vez que as leis devem ser cegas e ter aplicação geral, venho, por este meio, requerer o grau de licenciado ou, quem sabe, de mestre nos seguintes cursos:
  1. Ciências Religiosas, uma vez que vou aos Domingos à Missa, tendo já trabalhado em várias obras da Igreja.
  2. Ciências Aeroespaciais, uma vez que, estando a minha filha emigrada, já fiz umas dezenas largas de viagens de avião. Como às vezes ando com a cabeça na lua, confere-me isso o direito aos créditos da parte espacial.
  3. Cozinha e Pastelaria, uma vez que, sendo filho de cozinheiros, a ver pelos nomes de família de muitos dos nossos atores mais jovens, me dá o direito de me considerar cozinheiro. Além disso, modéstia aparte, tenho um certo jeito. Se tiver em conta as tainadas que já fiz e os doces que já comi, quase me atreveria a falar em doutoramento.
  4. Economia, pois a arte de governar uma casa com os cortes que tem sido feitos equivale, no mínimo, a 180 créditos.
  5. Gestão, pelos motivos já referidos no ponto anterior.
  6. Ciências da Educação, uma vez que levo 33 anos a lecionar e depois de tantas experiências pedagógicas sofridas e de tantas experimentações feitas, penso ter direito a, no mínimo, mais 180 créditos.
  7. Turismo, uma vez que já visitei em 3 continentes cerca de 17 países (a custas minhas e não dos contribuintes).
  8. Ciências Musicais, uma vez que canto num Coro há mais de 30 anos (já me atrevi a dirigi-lo nas ausências do Maestro), já toquei num grupo de música da baile, ensaiei coros de miúdos, uma tuna e, além disso, canto no banho.
  9. Teatro e Drama, pois já levei à cena várias peças de teatro escritas com os meus alunos e representadas por eles, para audiências de ultrapassaram as 200 pessoas (eu sei que se tivesse sido vista por apenas meia dúzia daria um aspeto mais intelectual à coisa).
  10. Direito, uma vez que a necessidade que sinto de intrepretar as leis mais palavrosas a nível mundial e que sofrem alterações, correções e retificações a um ritmo inédito em termos mundiais.
Decidi terminar por aqui uma vez que, vivendo num país com mais de 1400 licenciaturas diferentes, se não fosse seletivo, ainda amanhã aqui estaria a pedir equivalências.
Sem outro assunto
Pede deferimento (ou será Pé de Ferimento como já li numa ocasião?).
António Franco

1 comentário:

al cardoso disse...

Se de mim depende-se tinha ja varios doutoramentos assegurados!
Mas aconselho-o a juntar a algum gremio maconico, que e o que esta a dar!

Um abraco beirao de amizade.